R.I.P. Sonia Pottinger

Há notícias que a gente torce para que sejam apenas boatos, e infelizmente não são. As informações sobre a morte da produtora jamaicana Sonia Pottinger começaram a pipocar aqui e ali no comecinho de novembro, mas nada que fosse oficial e confirmasse o que o mundo da música jamaicana receberia com imenso pesar dias depois.

Confirmada por diversos jornais jamaicanos, a morte de Sonia ocorreu no início do mês, em decorrência do Mal de Alzheimer. Aos 79 anos, a produtora morava em St. Andrews.
Sonia Pottinger foi responsável por produções para grandes nomes do reggae. Errol Dunkley, Gaylads, Silvertones, Marcia Griffiths, Baba Brooks, e muitos e muitos outros. Discípula da genialidade de Coxsone, proprietária da loja de discos Tipp Top Records, dos selos High Note, Gay Feet, e da Treasure Isle, que comprou de Duke Reid, foi a vanguarda feminina em um meio dominado pelos homens.
Deixa três filhos, onze netos, e um incrível legado histórico-musical.
(por Dani Pimenta)
Advertisements

2 thoughts on “R.I.P. Sonia Pottinger

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s